Documento de conferencia
Acceso Abierto

O uso do ferro na arquitetura de Pernambuco nos séculos XIX e XX: classificação para conservação

||
Enlace externo
Resumen

Este artigo se propôs a inventariar e analisar o uso do ferro como instrumento estético na arquitetura dos séculos XIX e XX, em parte relevante do acervo na cidade do Recife. Para tal, se fez necessária uma construção da linha do tempo do ferro, desde o início (a partir da Revolução Industrial na Europa) de seu uso como elemento significativo da arquitetura, até seu reflexo na produção nacional. A fase compreendida do século XIX aos dias atuais discorre sobre a maneira como ocorreram as transformações que culminaram no sistema de produção industrializada, em detrimento da utilização da mão de obra artesanal, típica do regime surgido nos feudos medievais. Relacionando tal desenvolvimento em larga escala ás possibilidades que se apresentaram para a arquitetura que utilizava o ferro como componente básico. No trabalho, foi criada uma Metodologia para a classificação do Acervo. A análise do acervo coletado se embasou na compreensão de textos e publicações sobre como se deu o processo de importação e fabrico de tais estruturas pela produção local, surgida após a consolidação da arquitetura e influências artísticas européias trazidas ao Brasil no período datado entre os séculos XIX e XX.

Palabras clave
Hierro
http://creativecommons.org/licenses/by/4.0/

Esta obra se publica con la licencia Creative Commons Attribution 4.0 International (BY 4.0)

item.page.license
Imagen en miniatura