Artículo
Acceso Abierto

Historia recordada, historia inventada

Enlace externo
Resumen

Este artigo apresenta uma coleção de recortes de um memorial apresentado como exigência no concurso de Livre Docente na Faculdade de Educação da Unicamp. Traz uma seleção de quadros de memória de infância responsáveis pela construção de um olhar sobre o mundo, sobre as relações sociais e que constituem as escolhas metodológicas e temáticas na trajetória de pesquisa que veio depois. As escolhas dos quadros são, como qualquer seleção, uma tomada de posição, estão ancoradas nas leituras e crenças, sem deixar de expressar os afetos e as lembranças mais fortes. A presença dos sentidos como porta de entrada das coisas do mundo para o universo do pensamento é proposital. Numa sociedade que se acostumou com a idéia de que o pensamento exige isolamento, este texto procura lembrar o gosto, o cheiro e o tato como produtores de imagens que povoam a imaginação e alimentam o pensamento. Juntam-se aos quadros da infância, a narrativa de momentos da formação acadêmica, dentro e fora da escola, sempre mais fora do que dentro, pois, esta representa apenas um dos espaços de socialização e encontro com o conhecimento. Dentro das possibilidades de um artigo, este texto se inspira nos escritos biográficos dos pensadores modernos que reservaram lugar na academia para os textos pessoais.

This article presents a set of extracts of a memorial requested for the teacher admittance exam at the Unicamp Education College. It picks some childhood memory frames that build up a conception of the world and people’s social relations. Such memory frames also build up the methodological and theme-based choices in the ulterior research development. The frame selection, like any other, was stand-taking and based on readings and beliefs, and at the same time, they expressed strong affection and reminiscence. Choosing the senses as a gateway from the wordly things to the world of thought is intentional. In a society used to the idea that thinking needs isolation, this text reminds us of taste, smell and the tactile sense as image generators which live in people’s imagination and feed their thought. Adding to the childhood frames is the narrative of academic education moments, both in and out of school, especially out, as school is just one of the geographic spaces for socializing and meeting knowledge. Within the limits of an article, this text draws inspiration from biographical writings of modern thinkers who have made room in academic environments for personal texts.

Palabras clave
Memoria
Recuerdos
Trayectoria
Investigación educativa
http://creativecommons.org/licenses/by/4.0/

Esta obra se publica con la licencia Creative Commons Attribution 4.0 International (BY 4.0)

item.page.license
Imagen en miniatura